B-Training, Consulting

+351 211919570  geral@b-training.pt > Clientes > Webinars > BT Blog

Desafios do Teletrabalho: Vantagens e Desvantagens

22 de outubro de 2021

No último ano, o mundo deu uma grande volta e com ele a nossa realidade mudou por completo. Passámos por inúmeros desafios, a nossa vida laboral foi uma delas. A maioria das pessoas estava habituada a uma deslocação diária para o seu local de trabalho, mas, com toda a situação que estávamos a viver a realidade passou a ser trabalharmos a partir de casa. Para muitas empresas esta já era uma realidade, mas, para grande parte do tecido empresarial esta não era uma opção. Contudo, os moldes do teletrabalho em contexto de pandemia são bastante diferentes dos moldes tradicionais do teletrabalho.

Numa primeira fase, acaba por ser importante esclarecer que o regime de teletrabalho implica a existência de um contrato laboral estabelecido entre a organização e o colaborador, a maior diferença é a não existência de deslocação para o local de trabalho.

Atualmente verificamos que a maioria do regime de teletrabalho decorre em casa, também muito pela força da pandemia, mas, ele pode acontecer noutros locais como centros de coworking.

O teletrabalho pode trazer-nos vantagens e desvantagens. Olhando para a opinião da generalidade das pessoas que ficaram nesta modalidade de trabalho, as principais vantagens indicadas são a concentração e o foco, devido à diminuição das interrupções, o tempo de deslocação acaba por ser rentabilizado no trabalho e a redução nos custos nos transportes. Mas, evidentemente, que existem sempre as desvantagens, a maioria considera que, a ausência de um espaço de trabalho em casa pode ser dificil de gerir, a gestão de horários, das tarefas e o alinhamento das prioridades. Por conta da situação pandémica, o isolamento social também é referido como uma das desvantagens do teletrabalho.

O teletrabalho foi uma realidade que veio para ficar e, a verdade é que as empresas confiam nos seus colaboradores para que possam ser tão produtivos em casa como no escritório. Apesar da possibilidade de se manter este regime, o tecido empresarial é capaz de seguir um caminho de flexibilidade, em que os colaboradores poderão estar alguns dias em teletrabalho e outros no escritório, indo ao encontro das necessidades dos mesmos.

 

Scroll to Top