Formação experiencial

Aprendizagem

B-Training Consulting

Alinhamento Estratégico

Certificação de Entidades Formadoras pela DGERT

Inovação

Potencial humano

Valor acrescentado

Motivação

Competências-chave

sexta-feira, janeiro 19, 2018

Text/HTML

Minimizar

e-Learning: Será que está a passar de moda?

Mafalda Costa Isaac, B-Training, ConsultingNão é caso para o leitor adepto das novas tecnologias associadas à formação começar já a dizer mal da vida. Nada disso, a julgar pelas opiniões de especialistas o ‘e-learning’ está vivo, de boa saúde e recomenda-se.

Partimos de uma pequena provocação, a de que o ‘e-learning’, de que já não se ouve falar como há três ou quatro anos, poderá estar a passar de moda. Mas dos especialistas que ouvimos não fica essa sensação. Bem pelo contrário. Teresa Santos, ‘manager’ da Novabase, diz que «tem havido um aumento significativo da procura de soluções de ‘e-learning’, quer em Portugal, quer a nível Internacional». E explica: «O ‘e-learning’ significa a utilização da tecnologia como suporte à aprendizagem, utilizando a Internet como meio de comunicação. Nos dias de hoje a tecnologia tecnologia e a Internet estão demasiado embutidas no nosso quotidiano, por isso o ‘e-learning’ vai continuar a crescer.»

Margarida Nunes, do ISQE, onde tem as funções de ‘head of e-learning contents’, é da mesma opinião. Diz que o que aconteceu foi que «o ‘e-learning’deixou de ser uma novidade, agora integra naturalmente o ciclo de vida do colaborador na empresa, respondendo à necessidade constante de soluções formativas céleres e alinhadas com o negócio». Mais… «A necessidade de aprendizagem e atualização de competências é uma constante e, cada vez mais frequentemente, os indivíduos aprendem quer através dos canais formais das organizações, quer através do acesso a conteúdos disponíveis ‘on-line’, ficando mais ténue a fronteira entre a aprendizagem formal e a informal. As ferramentas disponíveis permitem uma gestão da aprendizagem nas organizações cada vez mais integrada, com o recurso a sistemas de normalização que permitem o ‘tracking’ e a quantificação de todas as experiências de aprendizagem. Uma das ‘partners’ da B-Training, Consulting, Mafalda Costa Isaac, defende por sua vez que «em Portugal o ‘e-learning’ ainda não entrou verdadeiramente na moda». Isto porque «se por um lado temos assistido a um notável aumento da oferta em termos da formação à distância, uma grande parte das entidades que contrata esta modalidade de formação não está preparada para tal». Ou seja: «Não existe ainda um espaço na cultura de gestão de recursos humanos das empresas portuguesas que permita a dinamização, em pleno, da formação à distância. Exemplo disso é, muitas vezes, não ser dado tempo de trabalho para o ‘e-learning’ como é dado para a formação presencial». Mafalda Costa Isaac continua, referindo, por outro lado, que «temos sempre alguma dificuldade em generalizar o termo ‘e-learning’, visto que no mercado se chama ‘e-learning’ a diferentes configurações metodológicas para os processos formativos que não são possíveis de comparar, em termos de eficácia e qualidade pedagógica; existem projetos formativos estruturados como meros repositórios de informação e outros que assentam no princípio da aprendizagem ativa e da interatividade entre pares e com os tutores». Outra questão que faz notar é o seguinte: «As novas tecnologias lançam constantemente novas ferramentas no mercado, o que, associado à rapidez e à facilidade de acesso à Internet, através dos vários dispositivos disponíveis, tem permitido revolucionar o ‘e-learning’ e facilitar o aparecimento de novas formas de aprendizagem virtual. Contudo, cabe a cada entidade dinamizadora e promotora de cursos em ‘e-learning’ garantir o enquadramento organizacional e a qualidade pedagógica que permita o sucesso e a eficácia da formação à distância.»

Clique aqui para ler a notícia na íntegra

 

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisa Pesquisa

A carregar


Mais informações Mais informações

Veja a nossa Oferta Formativa

Subscreva a nossa Newsletter

Contactos B-Training

Copyright 2009 by B-Training